SP lança site para consultar localização e dados de radares

Benemar
Novato
Novato
Mensagens: 17
Registrado em: 29 Ago 2010, 17:41

24 Fev 2016, 15:45

SP lança site para motorista consultar localização e dados de radares


Página tem dados mensais desde 2013.
Prefeito afirmou que motoristas devem consultar para reduzir acidentes.




Márcio Pinho Do G1 São Paulo

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta quarta-feira (24) um site mostrando a localização dos radares da cidade e o número de multas aplicadas por cada um deles, os tipos de infrações detectadas e os dias e horários, além da evolução de acidentes e de mortes no trânsito.

O site http://mobilidadesegura.prefeitura.sp.gov.br/ traz ainda ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de São Paulo dentro do Programa de Proteção à Vida. Há dados disponíveis desde 2013 e até novembro de 2015.

O site mostra, por exemplo, que o ano de 2015 já registrou 11.8 milhões de multas, 11,6% mais do que os cerca de 10,6 milhões de infrações de 2014. O dia com mais infrações foi quinta-feira, com média de 1,9 milhão de infrações por dia. E o mês com mais autuações foi outubro, com 1,3 milhão de multas.

saiba maisPrefeitura arrecada R$ 964 milhões com multas de trânsito em 2015

O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou que a ferramenta mostra a transparência da Prefeitura no tratamento do tema e pediu que os motoristas visitem o site.

“Para nós continuarmos a reduzir o número de mortos e feridos e os prejuízos materiais associados, nós precisamos que as pessoas consigam se planejar para respeitar as regras de trânsito. Ela vai saber onde está o radar e a regra que ela tem que respeitar”.

Haddad afirma que a gestão conseguiu avançar na redução dos acidentes nos últimos anos com diversas medidas e citou a proporção de mortes. A taxa de óbitos no trânsito era de 12 por 100 mil habitantes em 2012 e está agora em 8,36. A estimativa é chegar a 6 até 2017, antecipando meta da Organização das Nações Unidas (ONU) para redução pela metade de mortes no trânsito até 2020.

Em relação ao número de feridos, a queda foi de 28 mil em 2012 para 23 mil em 2014.

Polêmica das multas
Haddad criticou ainda o que chamou de “populismo” críticas que vêm sendo feitas a medidas de fiscalização do trânsito adotadas na cidade. Em novembro, o Ministério Público entrou com um ação de improbidade administrativa contra o prefeito acusando a gestão municipal de não ser transparente no uso do dinheiro das multas e ainda de fazer “pedaladas” com a verba de uma conta para outra em vez de usar uma só, como prevê a lei.

A consequência disso, a Promotoria, é a impossibilidade de determinar se o dinheiro estava sendo usado para os fins previstos por lei, como educação no trânsito e sinalização.

“É preciso explicar para sociedade que não há arrecadação de multa que compense os mortos, feridos e prejuízos materiais associados aos acidentes de trânsito”, afirmou Haddad em relação aos custos que a prefeitura tem com o sistema de saúde por causa dos acidentes.

O Ministério chegou a obter uma primeira decisão favorável que impedia a Prefeitura de custear a CET com o dinheiro das multas, mas a administração recorreu e conseguiu derrubar a decisão.

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2 ... dares.html
Responder

Voltar para “SP”